26.5.10

A arte de comprar panos Parte I


Semanalmente recebo emails com a dúvida absolutamente cruel:

"Fá onde você compra tecidos?"

É todo mundo quer saber onde raios eu compro pano.
É uma questão muito difícil de responder afinal eu compro pano em zilhões de lugares.
Vou dividir esse post em duas partes com um monte de detalhes e experiências sobre tecidos.


Para começar Tecido Nacional.

Eu moro em São Paulo, além do melhor pastel do mundo temos aqui o Fernando Maluhy.
Vou sempre lá. Gosto de ir cedinho (abre as 7:30 da manhã) pegar minha senha e esperar pouco.
A variedade é grande, os meninos que cortam os tecidos são uns fofos, animados e legais. Destaque para seu Heleno, meu preferido!

Amiga contenha-se. Em hipótese nenhuma pegue as peças nas mãos para "ajudar" o vendedor, ainda mais depois das 10 da manhã, quando as "patroas" estão por lá.
Elas gritam com você ou usam o microfone com voz pausada "NÃO MECHA NOS TECIDOS, DEIXE QUE O VENDEDOR PEGA".

Odeio isso, ah e não dobre os panos já cortados, leva pito também kkkkkkkkkkkkkkk (vai entender)

Leve dinheiro ou cheque, lá num rola cartão de crédito ou débito!

Saindo do Fernandão o legal é visitar a Niazi Choffi e ver que o pano tá mais barato e que com estampas mais bacanas, diferentes. Aí vc fica p. da vida e gasta mais um bocado.
Lá é no grito e tem que pular no colo do vendedor para ele te notar e atender.
Aceita cartão. Sempre está muito cheio, mas vale a pena de verdade.


Ainda na região visite a Metrópole. Muitas estampas esgotadas no Fernando Maluhy, você pode encontrar por lá. Bem mais caro? Num vou te enganar, mas para panos emergenciais vale a pena.

No Braz eu amo visitar a Telanipo. Mais carinha mas com tecidos bem exclusivos. Amo!


TECIDOS NACIONAIS ON LINE

Tem muita loja que vende on line, eu mesmo morando em São Paulo faço compras on line de nacional as vezes.
Muitas e muitas vezes fui salva pelas meninas do Atelier Virtual Brasil, são fofas.
É mais caro, lógico né, mas panos emergenciais, bom atendimento e frete mega rápido!


Se você pensa na possibilidade de comprar pano importado no Brasil, eu te digo de coração. Prepara o bolso.

Tudo muito caro e na maior parte tecido ponta de estoque nos Estados Unidos.
Coisa que não vende lá e vem pra cá mega caro.

EU NÃO COMPRO IMPORTADO AQUI NO BRASIL.

É muito caro e em geral não encontro designers que gosto.
Claro que as vezes tecidos já esgotados nos EUA aparecem perdidos por aqui, ai meu bem, minha regra vai para o espaço. Compro linda!

Minha primeira compra de importado (e acho que é uma experiência que todo mundo tem que ter ) foi na Keepsake Quilting.
São muito tradicionais, mas são magníficos.
Vale muito a pena.
Não aceitam Paypal, mas aceitam cartão (tem que ser internacional).
Chega certinho e rápido.


Amanhã segue muitas outras dicas.
Preciosas espero! =) Pin It

6 comentários:

Rita Santander disse...

Seu post é ótimo e vou indicar Às amiguxas que me fazem a mesma pergunta =]. Outro dia perguntei porque raios a gente não pode ajudar o vendedor e poupar tempo dobrando os tecidos e a patroa disse que "se os clientes passarem a fazer nosso serviço, a loja não é mais nossa e sim dos clientes". Bah!!! Posso contar um segredo? Eu dobro escondido mesmo! hahahaha

Ótimo seu blog e seus produtos são lindíssimos!!! Parabéns!

Fá Giandoso disse...

Oi Rita!
Obrigada por sua visita e pelo carinho!

Ah querida acho uma doideira sem fim!
Mas eu também dobro linda e hidratada! kkkkkkkkkkkk

Beijos

Cris Chiosini disse...

Fá,
Chorei de rir com a parte da Fernando Maluhy - meeeeeeedo.
Sai de lá com a sensação de que nunca mais voltaria, mas estou indo a SP novamente, e... bem, todo mundo tem um pouquinho de masoquista dentro de si, não é verdade ? rs
Lá vou eu de novo, mas agora treinadíssima. rsrsrs
Obrigada pelas dicas.
Beijos.,

Joana Joaninha disse...

Amei todas as dicas e toques sobres os "pitos" !rs
Obrigada por compartilhar!
Beijos

Clair de Lunne disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Essas compras de tecido...nem Jesus na causa...so Deus mesmo! KKKKKKKK
Aqui onde moro(Brasilia)tem uma loja que faz liquidaçao de vez em quando. Fui uma vez para ver como era. Cheguei lá as 7H3o' e a loja ja estava lotada e a mulherada se estapiando, se degladiando para pegar os tecidos(aqueles que sobraram, porque os melhores já se encontravam debaixo do braços das pessoas que, suponho, durmiram na porta da loja). Como la a gente pode pegar os tecidos na estante, resolvi partir para estes e pagar o preço normal afinal, mais vale a integridade do meu corpicho, ne meninas! Mas foi a primeira e ultima vez que fui la em dia de liquidaçao! Afinal, nem sempre da para dizer "Tudo pela arte". Fatima

Tamires Takaki disse...

Oi Fá, preciso te falar, como não achei o seu post antes? Fui para sp na semana passada, eeeeee tomei um pito na loja do maluhy! Kkkkk como sou de campinas, aqui parece ser grande, mas não é! para encontrar tecidos legais é um parto, então quando cheguei nas lojas da capital fiquei maluca e não me controlei... foi um pito desses pausados no microfone! Kkkkk agora aprendi! Amei seu blog, seu trabalho é lindo, a variedades de cores que deixa o trabalho muito alegre, Parabéns.... Tamires Takaki (tiquinhodeart.blogspot)