5.11.13

"É primavera... te amo!" Sério?!


É primavera. Fato.
Flores, pássaros cantando, que beleza a vida se renovando...
Ah, fala sério! Não há pessoa mais mal humorada nesse mês de Outubro do que eu! Estou com ódio das flores, dos pássaros, da primavera, de tudo que é tão bonito e feliz.
Não sei se há TPP (tensão pré-parto) para as outras mulheres, mas para mim existe. Sim meu parto está super longe... estou quase surtando.
Gravidez para mim não é bonita como em propaganda de dia das mães. Muito pelo contrário!
Para mim é um tempo difícil que passo reclamando da vida e contando cada minuto para receber minha anestesia!
Ah, minha anestesia como eu te quero!

Demora muito esse lance de esperar bebê.
E a espera é um saco pra mim.
Passei 85% do mês de Outubro abraçada ao vaso sanitário, triste, desanimada me sentindo o fracasso em forma de mortadela, porque essa é a visão que tenho de mim cada vez que me olho no espelho: uma grande e gorda mortadela.
Dani diz que estou linda, mas acho que ele é um mentiroso sádico que diz isso só pra me irritar. Depois de meia hora mudo de idéia e lembro que ele me ama sendo mortadela ou não e continuo.

A impotência de não conseguir fazer nada é a pior parte. Eu sempre acho que posso resolver o mundo e perceber que meu mundo é o sofá ou no máximo meu banheiro é muito duro, minha gente.
Tudo isso me educa muito. Filhos são pura educação para mim. Talvez seja essa a maior razão da minha angústia, saber que ainda tenho muitas semanas de calar, parar, sentir e simplesmente ver a banda passar.

E é o que tenho feito. Tenho visto tantas coisas que na correria eu não conseguia ver. Estava perdendo tantas coisas... Essa desaceleração me tem mostrado um mundo tão diferente que não é chato, só é mais lento e por que não dizer bonito.
Você já viu algum documentário de flores crescendo? Aqueles com câmeras bacanas que a gente consegue observar a flor crescendo e explodindo um mundo de cor diante dos seus olhos?
Assim tem sido meus últimos dias. A pior parte dos enjoos passou e estou vendo cores novas diferentes, cores que eu não via antes.

Nesses dias de Outubro terminei um lindo quilt de bebê mega primaveril.


Me agarrei nas cores desse quilt, no seu bloco simples no branco que me descansa.
Muitas horas de trabalho, mas que tranquilidade. Eu, as flores desse quilt e o bebê.
Esse quilt foi meu jardim secreto no mês de Outubro.




Pin It

3 comentários:

YEYE disse...

Lindo seu texto!!! Desejo do coração que tudo passe rapidinho .... Adoro você lindona!!! Eu quero ver você já !!!

A Pata Madrinha disse...

Força aí Fá!!!
Tava sentindo tua falta!!!
precisando estamos aqui!!
beijos!!

Marli disse...

Mortadela nao fique triste... Voce sabe que agora e' um tempo de cultivar. O filho que chega, a criatividade que tambem vem com esse tempo de pura observacao. Seu Jardim Secreto e' lindo. Continue cultivando. Coisas muito lindas virao deste tempo.